top of page

GATO X CACHORRO qual o melhor companheiro?


Uma das questões mais interessantes sobre a evolução humana foi o desenvolvimento de habilidades sociais e de cultivo, somente com essas habilidades que se tornou possível a estabilização da sociedade como conhecemos hoje.


O cultivo de plantas permitiu com que os humanos pudessem se assentar em locais fixos, dispensando assim a necessidade de busca por mudanças de locais a todo momento, mas junto da aquisição dessa habilidade, também veio o adestramento e criação de animais, que por sua vez auxiliaram na proteção da comunidade, na busca por presas e forneceram alimentos.


Hoje em dia os bichos acabaram tomando um novo grau de ajuda para nossa vida, agora eles são parte da família, evoluíram conosco para nos ajudar nas questões psicológicas e para aliviar nossas tensões do dia a dia, eles acabaram se tornando membros essenciais para nos dar amor e carinho permitindo com que possamos dedicar partes de nossa vida à eles e sermos retribuídos com a mais pura forma de agradecimento.


Animais domésticos



Dentre todos os animais que domesticamos, alguns por inteiro e outros em partes, os que mais se destacam são os cachorros e os gatos.


Quem nunca ouviu dizer que X pessoa é uma "dogperson" ou uma "catperson", estes termos referem-se ao gosto individual de cada um, a preferência por um ou pelo outro e independente do que você escolhe para gostar mais, não há um certo ou errado.


A domesticação de felinos e caninos evoluiu tanto ao ponto de nós, seres humanos, passarmos a dedicar estudos e desenvolvimentos tecnológicos para aumentar o cuidado desses animais dentro de casa, criando padrões alimentares certos, formas de cuidado, o que fazer com eles no dia a dia para que se sintam mais dispostos e felizes, porque no fim, o que mais queremos é que o amor que recebemos seja minimamente igual ao que damos à eles e esse amor pode ser muito bem representado na forma como cuidamos deles.


Casa de pernas pro ar



Quem nunca adotou um bicho e toda vez que chegou em casa encontrou uma cena que mais parecia de filme apocalíptico, com tudo revirado, coisas jogadas, papel rasgado e o criminoso estava lá paradinho com seus olhos brilhando como quem diz "foi mal, juro que foi sem querer". Essa cena, embora comum, é relacionada muitas vezes com a ansiedade do animal e a falta de estimulo que o mesmo recebe.


Coloque-se no lugar dele, você em casa, trancado, sem brinquedos ou estímulos para gastar energia e com energia acumulada por não ter feito nada o dia todo, sozinho, sem ter com quem conversar, como se sentiria? Aposto que não muito bem e nossos bichos igualmente, eles precisam de estímulos, precisam gastar suas energias, principalmente quando pequenos onde mais parecem uma bateria eternamente carregada, é preciso dar atenção da mesma forma que daríamos à uma criança.


Cachorro ou gato, qual o melhor?



Não tem como especificar qual o melhor tipo de pet para se ter em casa, é uma escolha pessoal. Se jogarmos essa questão para debate, pode ter certeza que haverá uma guerra de comentários defendendo os dois lados e é por isso que ao invés de discutir qual o melhor o que deve ser observado realmente é: qual se enquadra melhor na sua rotina e em sua casa, qual seu estilo de vida e o que esse estilo impacta no cuidado de um bichinho?


Por muitas vezes as pessoas acabam se deixando levar pela vontade de ter um animal e esquecem da grande responsabilidade que isso traz consigo, ter um bicho é ter uma nova vida em suas mãos, é ter um ser que depende muito de você para ter uma vida prazerosa e descente, não necessariamente são flores todo momento, dedicação, educação e parceria são apenas o mínimo que necessário para criar seu pet em casa.


Caso tenha uma rotina muito agitada e passe muito tempo fora de casa, qual o motivo de adotar um cachorro e deixá-lo horas e mais horas em casa sozinho? Cachorros necessitam de um passeio diário, se possível mais de uma vez ao dia, precisam brincar e ter atenção para que não fiquem entediados, o que evita muitas vezes comportamentos destrutivos em casa. Por outro lado gatos já conseguem aproveitar um pouco mais o seu próprio espaço e passar um tempo maior sozinhos, mas isso não significa que ficarão extremamente felizes passando 12/14h abandonados, a informação não é comum, mas gatos também precisam de atenção e tempo de investimento com brincadeiras, atiçando seu lado caçador, para que possam gastar energia e sentirem que a vida deles não é só comer e dormir.


Independente da escolha do seu fiel companheiro, leve sempre em questão como poderia dar a melhor vida possível à ele, lembre-se da responsabilidade que está aderindo, existe agora uma nova vida em suas mãos, um serzinho que não pode se virar sozinho e que vê em ti o auxílio para sobreviver e ele merece mais que sobreviver, ele merece viver feliz ao seu lado.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page