top of page

Criando novas rotinas

Um novo ano se inicia e com ele vem aquele alívio do ar renovado conquistado por termos passado por este ano tão conturbado, foram tantos acontecimentos, fim de pandemia, guerras e divergências mundiais, eleição, copa do mundo, tudo isso em um único ano que mais pareceu uma década, mas que conseguimos chegar até o fim.


Com o novo ano, sempre tem aquela energia a mais de disposição para encararmos novas rotinas, embarcarmos em novas jornadas para cumprirmos metas antigas ou novas e por conta disso resolvemos também adentrar nessa jornada e retomarmos o nosso blog, trazendo dicas, curiosidades e muita informação para que juntos possamos seguir plenos e atingirmos novos horizontes.






Começando do zero:


É sempre difícil começar algo novo, psicologicamente falando, nosso cérebro leva um tempo para poder se adaptar e entender novas atividades como sendo rotinas para o dia a dia, sejam elas para saúde, cuidados pessoais, trabalho, estudos ou lazer, até seu corpo conseguir aderir isso ao seu processo "normal" precisamos de muita dedicação e vontade.


Como tudo na vida, o importante são os pequenos passos, primeiramente se você não é uma pessoa muito ativa, deve começar focando nisso para ir colocando novas tarefas em sua rotina, uma coisa muito importante aqui é a questão de não colocar expectativas gigantescas para que a frustração caso algo dê errado não seja o suficiente para lhe fazer desistir, então, coloque pequenas metas para sua rotina, por exemplo: "Minha meta é ir para academia todos os dias ou começar a frequentá-la", para o primeiro caso fica difícil não atribuir a frustração quando não for na academia, mas em dias que estiver sem vontade, faça outro tipo de exercício, diminua a carga do treino nesse dia, evite a necessidade de sempre ser 100% todos os dias e assuma que o cansaço e desânimo fazem parte da vida, assim você pode ir correr ou fazer um treino em casa, caminhar, mudar um pouco a rotina, mas manter ao mesmo tempo o foco do objetivo que seria se exercitar. Para o segundo caso puxando para o lado pessoal, eu mesmo tenho dificuldades de praticar exercícios, falta vontade, falta ânimo, enfim, para isso o que faço é começar a desenhar uma rotina mais ativa para o dia todo seguindo pequenos passos para ensinar minha mente e meu corpo que esse será o seu normal, começando aos poucos da seguinte forma:


  1. Arrumando a cama: logo após acordar, na primeira oportunidade possível, arrume sua cama, fazendo isso você automaticamente atribui uma "conquista" para seu dia de uma pequena tarefa realizada, mas que faz diferença no quesito ambiente, o local onde vive estando arrumado, o sentimento de prazer fica maior ao longo do dia.

  2. Tomar café da manhã: o café da manhã é a principal refeição do dia, ele já lhe garante energia para começar bem e além de ser prático, pode ter mil e uma alternativas do que comer, atribuindo mais uma atividade concluída logo cedo e ainda sendo uma atividade prazerosa, seu corpo já começa a ter mais disposição.

  3. Comece a rotina de higiene, escove os dentes, lave o rosto, escolha sua roupa para o dia e tente seguir passos desenhados para o restante do dia, um de cada vez, selecione as prioridades, os deveres obrigatórios e os que não são, desenhe eles, em um planner, um caderno, uma agenda. Dessa forma você pode enxergar as melhores opções para o restante do dia.

  4. Há atividades que são obrigatórias, trabalho e estudos por exemplo, se possível, mescle um pouco pausas para que seu corpo e mente não se desgastem tanto com essas atividades e não reste energia para seguir a rotina desejada.

  5. Alimentação e sono regulado são essenciais para conseguir manter uma rotina, pois eles lhe garantem energia e foco para a mente continuar trabalhando com menos desprazer, e acredite ou não, ter uma hora para almoçar com calma e uma hora planejada para dormir ajuda muuuuito o cérebro a estabelecer melhor as rotinas, ele já se programa para que X momento do dia ele queira energia para continuar efetuando tarefas e por consequência seu corpo irá responder com algo como "preciso comer" e ao longo de dias fazendo esse esforço uma rotina automática passa a se estabelecer e você pode usar isso ao seu favor para a rotina "manual".

O que você precisa escutar e entender:


Precisamos nos respeitar e entender que tudo tem um tempo para ser cumprido, e a adaptação à novas rotinas não é diferente. Se respeite, respeite seu tempo de adaptação, respeite suas falhas, elas irão ocorrer, mas não precisam ser um gatilho absurdo a ponto de encerrar todo o trabalho e vontade que tem. Aprenda a dizer não quando necessário, tente todas as formas possíveis e inimagináveis para gerenciar melhor seu tempo, organize seu sono, sua alimentação, comece do básico e recomece quantas vezes precisar, cada vez que nós voltamos para um estágio inicial ele pode ser o último que precisamos para alavancar no que desejamos, caso funcione para você, aproveite para se mimar ao cumprir pequenas metas ou então ao cumprir um dia todo perfeitamente executado, se permita sentir-se bem mesmo estando 70% em seu dia, pois afinal, ninguém é de ferro.



24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page